Pai de Amy Winehouse afirma falar com a filha, 3 anos após sua morte

Cantora morreu por intoxicação pelo excesso de bebida em 23 de julho de 2011

Mitch e Amy Winehouse. (Foto: Reprodução/Mirror)

Mitch e Amy Winehouse. (Foto: Reprodução/Mirror)

Mitch Winehouse diz que Amy Winehouse continua viva. Ele disse que fala com a cantora e que sente sua presença diariamente, mesmo após três anos de sua morte trágica, completados hoje (23).

“Ela está ao meu lado em todo tempo que subo no palco. Com toda certeza ela está lá, eu a sinto”, disse Mitch, que é cantor de jazz, ao tabloide britânico “The Sun”. “Sempre converso com ela, todos os dias”, declarou.

Após a morte da cantora, o pai foi responsável por honrar a memória da filha criando a Fundação Amy Winehouse, que ajuda jovens viciados. “Amy amava as crianças e por meio da Fundação, apoiamos instituições beneficentes que ajudam jovens, principalmente àqueles que passam por problemas de saúde, são deficientes ou que lutem contra o vício. Agora eu faço doações do que recebo por entrevistas e shows”, explicou.

Através do Twitter, Mitch agradeceu aos fãs da cantora que, segundo ele, nunca o deixaram sozinho. “Não tenho palavras para expressão minha gratidão e amor a todos. Vocês nunca nos deixaram sozinhos neste momento. Obrigado”, escreveu em seu Twitter.

*Com informações da Tribuna Hoje


COMENTÁRIOS