Mãe de Cory Monteith fala sobre a morte do filho à TV americana

Ann McGregor falou sobre a relação do filho com as drogas, com o pai e a dor sofrida por ela e pela ex-namorada do ator, Lea Michele

Ann McGregor, mãe do ator Cory Monteith falou pela primeira vez sobre a morte do filho, em entrevista ao programa ‘Good Morning America’, transmitido nesta quinta-feira (17) pelo canal ABC. Monteith foi encontrado morto em julho de 2013 em um hotel.

“A perda é horrível. Até três dias atrás eu não conseguia olhar para uma foto de Cory. Então, estou tendo algum progresso”, desabafa.

A autópsia revelou que a morte do ator se deu por conta da combinação de heroína e álcool. “Cory tinha 15 anos, ele fez um ‘code blue’ (intervenção médica urgente), e acho que esse foi o ponto de virada. Ele tinha uma série de coisas emocionais que estava tentando resolver – uma delas é que ele queria muito uma relação com seu pai”, comentou Ann sobre a luta do filho contra o vício em drogas.

Ele e o pai, Joe Monteith, haviam perdido o contato desde a separação de seus pais e não foi convidado para o enterro do filho.

Sobre a relação com Lea Michele, ex-namorada de Cory, Ann diz que mantém contato atavés de e-mails. “Ela está sofrendo muito. Você vê a tristeza. Eu sei como é a dor dela”.

McGregor, mãe de Cory Monteith (Foto: Reprodução/ YouTube)

McGregor, mãe de Cory Monteith (Foto: Reprodução/ YouTube)


COMENTÁRIOS