Lei permite que governo passe áreas à Petrobras sem licitação

Lei segue modelo de partilha, com contratação direta, isto é, sem licitação

Com informações do Estadao.com.br

Brasília – A presidente Dilma Rousseff defendeu nesta quarta-feira, 25, a entrega de áreas do pré-sal para a Petrobras sem licitação. O anúncio foi feito nesta terça-feira, 24, pelo Conselho Nacional de Política Energética (CNPE). “Ontem realizamos o que a lei permite. O modelo de partilha permite que coloquemos a Petrobras, por contratação direta, para explorar áreas do pré-sal”, disse.

Segundo Dilma, a liberação significa que o País vai ter mais de R$ 600 bilhões em royalties e excedente de óleo para aplicar em educação e saúde. Segundo ela, a Petrobras vai poder começar a explorar a área imediatamente.

“O Brasil terá nesta área uma grande conta de recursos para garantir a qualidade da educação e saúde”, disse Dilma, depois de afirmar que as áreas autorizadas para exploração podem atingir proporções próximas às do Campo de Libra, licitado no ano passado.

As afirmações foram feitas durante a Convenção Nacional do PSD, que selou apoio à reeleição da petista. Dos 114 votantes, 108 foram favoráveis ao apoio à chapa Dilma Rousseff e Michel Temer nas eleições deste ano.


COMENTÁRIOS