Kerry está na Arábia Saudita para discussão sobre crise

O Secretário de Estado norte-americano, John Kerry, está em Jidá para para discutir a crise no Iraque e Síria

Com informações da Reuters

John Kerry chegou a Arábia Saudita nesta sexta-feira, para discutir a crise no Iraque e na Síria com o rei Abdullah, e também para conhecer o líder da oposição sírio Ahmad Jarba.

O governo de Barack Obama pediu na quinta-feira o montante de 500 milhões de dólares ao Congresso para treinar e equipar os membros da oposição na Síria. Essa foi a mudança mais significativa até agora feita pelos Estados Unidos para apoiar grupos que lutam contra o presidente Bashar al-Assad.

A Arábia Saudita tem sido a mais proeminente defensora dos rebeldes sírios e, no ano passado, criticou muito os Estados Unidos por ter recuado e não lançar ataques aéreos contra Assad, após um ataque com gás venenoso em Damasco.

As negociações são parte de esforços diplomáticos entre sauditas e americanos, para pressionar líderes regionais e combater as ameaças de militantes islâmicos em ambos os conflitos. Ma quinta-feira (26), o rei Abdullah ordenou que “todas as medidas” fossem tomadas para proteger a Arábia Saudita dos militantes.

Kerry visitará ainda Abu Dhabi, na segunda-feira, antes de seguir para o Catar.

O secretário de Estado norte-americano, John Kerry, chegou a Jidá nesta sexta-feira para discutir a crise no Iraque e na Síria com o rei Abdullah, da Arábia Saudita, e conhecer o líder da oposição sírio Ahmad Jarba, que tem laços estreitos com o reino. 27/06/2014 (REUTERS/Brendan Smialowski/Pool)

O secretário de Estado norte-americano, John Kerry, chegou a Jidá nesta sexta-feira para discutir a crise no Iraque e na Síria com o rei Abdullah, da Arábia Saudita, e conhecer o líder da oposição sírio Ahmad Jarba, que tem laços estreitos com o reino. 27/06/2014 (REUTERS/Brendan Smialowski/Pool)


COMENTÁRIOS