Filho de Pelé é condenado por lavagem de dinheiro

O ex-goleiro foi preso na manhã desta terça-feira (8) em sua casa, em Santos

Edinho, ex-goleiro do Santos, foi condenado a 33 anos de prisão por envolvimento com tráfico de drogas. Ele foi preso na manhã desta terça-feira em sua casa, em Santos, litoral de São Paulo.

Filho de Pelé e atual preparador de goleiros do time, Edinho não resistiu à detenção e foi encaminhado para o 5º DP da cidade. Seu advogado deverá solicitar a transferência dele para o presídio de Tremembé.

Em 31 de maio, o jogador já havia sido condenado a 33 anos e quatro meses por lavagem de dinheiro relacionado ao tráfico de drogas. Além desse, outros quatro réus receberam penas semelhantes, dadas pela juíza Suzana Pereira da Silva, da 1º Vara Criminal da Praia Grande.

Foi determinado a perde de todos os bens apreendidos ao longo da investigação, dentre eles mais de 100 carros, que estão sob posse da União.


COMENTÁRIOS