Em coluna, Datena critica CBF, Dunga e ‘os sete gols alemães’

José Luis Datena, diz que prefere o Zangado do que o Dunga. (Foto: Divulgação)

José Luis Datena, diz que prefere o Zangado do que o Dunga. (Foto: Divulgação)

O apresentador da TV Bandeirantes, José Luis Datena, alfinetou a Confederação Brasileira de Futebol e seus dirigentes na coluna de hoje do jornal Metro. Ele pediu desculpas aos leitores por sua ausência, devido a Copa do Mundo, mas afirmou estar de volta para dar seu olhar cidadão sobre diversos assuntos. O de hoje, é o futebol.

Desde quinta-feira passada os jornais e sites especializados em futebol afirmam que o Dunga é o novo técnico da seleção brasileira – o anúncio oficial acontece amanhã, às 11h. um site, inclusive, afirma que o contrato entre a CBF e o ex-volante já foi assinado.

Para Datena, isso nada mais é do que uma forma de a classe dominante no futebol ‘meter goela abaixo do povo medidas autoritária’. “Depois do desastre da Copa do Mundo, esperava-se que, no lugar de Felipão, Parreira e companhia limitada, algo de novo surgisse no horizonte para resgatar as glórias do extraordinário pentacampeão mundial. Mas esperar de Marin e Marco Polo Del Nero (ou gente desse tipo) algo que não seja o pior é o mesmo que esperar que coqueiro dê manga”, escreveu.

O locutor afirma também que “ao invés de ser o Dunga, prefiro ser o Zangado para ser o Feliz. Continuando assim certeza que o nosso futebol, que é um gigante, na próxima Copa vai ser o anão que foi nessa.”


COMENTÁRIOS