Descarrilamento no metrô de Moscou deixa pelo menos 12 mortos e 120 feridos

Danilo Macedo* Repórter da Agência Brasil Edição: Valéria Aguiar
Passageiro publicou imagem de estragos causados por acidente no metrô de Moscou (Foto: Reprodução/Instagram/maksim_pushkin)

Passageiro publicou imagem de estragos causados por acidente no metrô de Moscou (Foto: Reprodução/Instagram/maksim_pushkin)

Um descarrilamento no metrô de Moscou na manhã de hoje (15) deixou pelo menos 19 mortos. O número de pessoas feridas também passa de 100. O acidente aconteceu na hora de maior movimento na capital russa, por volta das 8h30 (1h30 em Brasília).Cerca de 60 ambulâncias e um helicóptero com equipes médicas participaram do atendimento aos feridos e retirada de mais de 350 pessoas da Estação Slavianski Boulevard, a mais próxima do local do acidente.De acordo com o Ministério para as Situações de Emergência russo, o acidente aconteceu devido a uma abrupta queda da tensão elétrica, que provocou erro no sistema de sinalização e uma parada dos vagões de passageiros.As autoridades locais organizaram serviços de ônibus para transportar passageiros entre as estações afetadas. O metrô é o principal meio de transporte de moscou.

O acidente de hoje é o mais grave registado no metrô de Moscou dos últimos anos. Em 5 de junho de 2012, um incêndio entre as estações centrais de Biblioteca Lenin e Ojotnyi Riad obrigou a retirada de 4.500 passageiros.

*Com informações da Agência Lusa


COMENTÁRIOS