Desastre com avião da Malásia atinge família australiana pela segunda vez

Um casal australiano que perdeu o filho e a nora a bordo do avião da Malaysia Airlines desaparecido em março está novamente em luto após a perda de mais parentes que estavam no avião derrubado na Ucrânia

Reportagem de Lincoln Feasttr_rgb_pos_thumb

SYDNEY (Reuters) – Um casal australiano que perdeu o filho e a nora a bordo do avião da Malaysia Airlines desaparecido em março está novamente em luto após a perda de mais parentes que estavam no avião derrubado na Ucrânia, noticiou a mídia local nesta sexta-feira.

Irene e George Burrows, de Biloela, na região central do Estado australiano de Queensland, são os pais de Rodney Burrows, que desapareceu junto com sua mulher, Mary, e outros 237 passageiros e tripulantes no voo MH370, em março.

A filha da enteada do casal, Maree Rizk, e seu marido Albert estavam a bordo do MH17 que caiu na Ucrânia na quinta-feira matando todas as pessoas a bordo, noticiou a mídia local.

“Tem sido um dia muito difícil”, disse o filho de Greg Burrows ao jornal The Courier Mail.

Destroços do Boeing 777 da Malaysia Airlines que caiu com 295 pessoas à bordo próximo ao vilarejo de Grabovo, na região de Donetsk, na Ucrânia. 17/06/2014. (Foto: REUTERS/Maxim Zmeyev)

Destroços do Boeing 777 da Malaysia Airlines que caiu com 295 pessoas à bordo próximo ao vilarejo de Grabovo, na região de Donetsk, na Ucrânia. 17/06/2014. (Foto: REUTERS/Maxim Zmeyev)


COMENTÁRIOS