Brasil espera que Colômbia seja adversário favorável

Seleção espera que equipe colombiana jogue como o Brasil joga e sem guerras entre torcidas

Com informações da Reuters

Jogadores da seleção recebem orientação do técnico Luiz Felipe Scolari durante treinamento na Granja Comary, em Teresópolis. 1/06/2014. (Foto: REUTERS/Marcelo Regua)

Jogadores da seleção recebem orientação do técnico Luiz Felipe Scolari durante treinamento na Granja Comary, em Teresópolis. 1/06/2014. (Foto: REUTERS/Marcelo Regua)

Com o artilheiro da Copa do Mundo, o segundo melhor ataque e uma das melhores defesas da competição, a Colômbia se mostra como um adversário forte contra o Brasil. E a seleção espera encontrar nesta sexta-feira um adversário que não tenha a tradição de transformar os duelos entre as equipes em ‘guerras’.

A seleção colombiana faz seu melhor Mundial na história, e chega às quartas de final como destaque do tornei, colecionando quatro vitórias em quatro jogos e tendo a camisa 10, James Rodríguez, como o artilheiro com cinco gols, enquanto o Brasil ainda não convenceu na competição e sofreu no último jogo contra o Chile, nas oitavas de final.

No entanto, o Brasil parece satisfeito com o rival e estaria mais preocupado se enfrentasse o Uruguai, ao invés da Colômbia. “Contra a Colômbia não temos guerra. Quando não se tem essa guerra nossos jogadores se sentem mais à vontade. Oponentes como Argentina, Uruguai e Chile jogam em cima do nosso time com malandragem, perspicácia, e a gente não tem isso que eles têm”, disse o técnico Luiz Felipe Scolari em entrevista coletiva na véspera da partida.

Como a equipe colombiana não tem um histórico de rivalidade acirrada com o Brasil, o técnico da seleção brasileira diz que os vizinhos são “bem melhores” que os chilenos tecnicamente – que foram apontados como um possível problema já no sorteio.

“É bom para a gente essa equipe que vem para cima, que joga. Tecnicamente falando a equipe da Colômbia é diferenciada por ter essa qualidade de querer jogar e isso ajuda. A nossa seleção também tem qualidade e fica um jogo muito aberto”, afirmou o zagueiro e capitão brasileiro, Thiago Silva.

O vencedor de Brasil x Colômbia enfrentará nas semifinais o ganhador de França e Alemanha, que jogam também nesta sexta-feira, no Maracanã. Os últimos quatros jogos entre os dois rivais sul-americanos terminaram empatados.


COMENTÁRIOS