• Governo define meta de 350 mil unidades para Minha Casa, Minha Vida até julho/15

    Por Marcela Ayrestr_rgb_pos_thumb

     

     

    SÃO PAULO (Reuters) – O Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão definiu meta intermediária para o programa de habitação popular Minha Casa Minha Vida (MCMV) de 350 mil unidades até 31 de julho de 2015, conforme portaria publicada nesta quarta-feira no Diário Oficial da União.

    No texto, o ministério afirmou que a decisão foi tomada por conta de a meta anterior, de 2 milhões de unidades habitacionais, ter sido prevista apenas até 2014.

    A ampliação do MCMV já havia sido anunciada pelo governo em meados de setembro, quando também foi divulgada a prorrogação por quatro anos do regime especial de tributação aplicado a esse segmento habitacional.

    Na época, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou que a ampliação do MCMV seguiria as mesmas regras da segunda fase do programa, com o objetivo de facilitar a contratação das novas unidades.

    Presidenta Dilma Rousseff entrega de chaves e inaugura os conjuntos residenciais Zé Keti e Ismael Silva, do Minha Casa Minha Vida, no bairro do Estácio. (Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil)

    Presidenta Dilma Rousseff entrega de chaves e inaugura os conjuntos residenciais Zé Keti e Ismael Silva, do Minha Casa Minha Vida, no bairro do Estácio. (Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil)


    COMENTÁRIOS

    

    0 Comentários

    Deixe o seu comentário!

    * O seu endereço de email não será publicado.